Arquivo diário: 14/06/2011

Sabadão – O programador mais fodido da cidade


Eu sei que vocês não aguentam mais a “Banda mais bonita da cidade”, as paródias com eles estão cada vez melhores e esta virou a minha preferida até agora. Quem for programador vai curtir!!! pena que eu ainda nao sou

Programador, esta é a última alteração
Pra salvar seu sabadão
Sabadão não é tão livre quanto pensa
Nele cabe até o job da sequência

Fodeu o servidor
Foram três noites inteiras
Quebrou até a cafeteira
Sobrou pra nós dois

Faz aí programador, essa é a última alteração
Pra salvar seu sabadão
Sabadão não é tão livre quanto pensa
Nele cabe até o job da sequência

Poema (quase) Romântico


Poema (quase) Romântico
enquanto minha barriga cresce
de cerveja e televisão
você só assiste novela
e não me deixa ver o timão
nem parece a mocinha
que um dia me disse não
quando andava de bicicleta
pra ir comprar pão
e derrapava sem jeito
no meio de um areião
de manhã não conversamos
de noite é só discussão
mas reparando suas rugas
me vem uma recordação
de quando éramos quase felizes
morando num barracão
o sol irritava seus olhos
e aquecia meu coração
da chuva vinha a enxurrada
que enlameava o nosso chão
você ficava doida de raiva
e eu ria de montão
as telhas com teia de aranha
e um vazamento sem solução
que você pedia pra eu consertar
e eu era só negação
minha calça encardida
e a gordura do nosso fogão
que você não limpava
e eu brigava com satisfação
hoje brigamos juntos
e não há reparação
uma vez até tentamos
viver em separação
mas a distância não deu certo
e voltamos ao mesmo colchão
você não topa quando eu quero
quando você quer eu digo não
e vamos brigar juntos
até dentro do nosso caixão
este é o eterno destino
de nossa grande paixão

João Pedro Strabelli 

via Site